terça-feira, 21 de junho de 2011

FESTA JUNINA

Criando arte com a Rê!






ORIGEM DA FESTA JUNINA


De acordo com historiadores, esta festividade foi trazida para o Brasil pelos portugueses, ainda durante o período colonial (época em que o Brasil foi colonizado e governado por Portugal).

Nesta época, havia uma grande influência de elementos culturais portugueses, chineses, espanhóis e franceses. Da França veio a dança marcada, característica típica das danças nobres e que, no Brasil, influenciou muito as típicas quadrilhas.

Já a tradição de soltar fogos de artifício veio da China, região de onde teria surgido a manipulação da pólvora para a fabricação de fogos. Da península Ibérica teria vindo a dança de fitas, muito comum em Portugal e na Espanha.

Todos estes elementos culturais foram, com o passar do tempo, misturando-se aos aspectos culturais dos brasileiros (indígenas, afro-brasileiros e imigrantes europeus) nas diversas regiões do país, tomando características particulares em cada uma delas.

Festas Juninas no Nordeste Embora sejam comemoradas nos quatro cantos do Brasil, na região Nordeste as festas ganham uma grande expressão. O mês de junho é o momento de se fazer homenagens aos três santos católicos: São João, São Pedro e Santo Antônio. Como é uma região onde a seca é um problema grave, os nordestinos aproveitam as festividades para agradecer as chuvas raras na região, que servem para manter a agricultura.

Além de alegrar o povo da região, as festas representam um importante momento econômico, pois muitos turistas visitam cidades nordestinas para acompanhar os festejos. Hotéis, comércios e clubes aumentam os lucros e geram empregos nestas cidades.

Embora a maioria dos visitantes seja de brasileiros, é cada vez mais comum encontrarmos turistas europeus, asiáticos e norte-americanos que chegam ao Brasil para acompanhar de perto estas festas.

Comidas típicas Como o mês de junho é a época da colheita do milho, grande parte dos doces, bolos e salgados, relacionados às festividades, são feitos deste alimento. Pamonha, cural, milho cozido, canjica, cuzcuz, pipoca, bolo de milho são apenas alguns exemplos.

Além das receitas com milho, também fazem parte do cardápio desta época: arroz doce, bolo de amendoim, bolo de pinhão, bombocado, broa de fubá, cocada, pé-de-moleque, quentão, vinho quente, batata doce e muito mais.



TRADIÇÕES
As tradições fazem parte das comemorações. O mês de junho é marcado pelas fogueiras, que servem como centro para a famosa dança de quadrilhas. Os balões também compõem este cenário, embora cada vez mais raros em função das leis que proíbem esta prática, em função dos riscos de incêndio que representam.

No Nordeste, ainda é muito comum a formação dos grupos festeiros. Estes grupos ficam andando e cantando pelas ruas das cidades. Vão passando pelas casas, onde os moradores deixam nas janelas e portas uma grande quantidade de comidas e bebidas para serem degustadas pelos festeiros.Já na região Sudeste são tradicionais a realização de quermesses. Estas festas populares são realizadas por igrejas, colégios, sindicatos e empresas. 

Possuem barraquinhas com comidas típicas e jogos para animar os visitantes. A dança da quadrilha, geralmente ocorre durante toda a quermesse.

Como Santo Antônio é considerado o santo casamenteiro, são comuns as simpatias para mulheres solteiras que querem se casar. No dia 13 de junho, as igrejas católicas distribuem o “pãozinho de Santo Antônio”. Diz a tradição que o pão bento deve ser colocado junto aos outros mantimentos da casa, para que nunca ocorra a falta. As mulheres que querem se casar, diz a tradição, devem comer deste pão.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

PAP de Vaso feito com Caixa de Leite - Artesanato Reciclagem.

Criando arte com a Rê!
O passo a passo sugere decorar o vaso já montado, com massa acrílica.



Preparo da massa acrílica:

3 colheres de sopa de massa acrílica
1 colher de sopa de cola branca
Misturar bem.

Usar uma faca para realizar a técnica de decoração no vaso, ou um rolo de espuma para pintura tornando o trabalho mais rápido e deixando a camada de massa acrílica mais uniforme.

Deixar secar por 2 dias.

Deixei disponíveis >> Aqui << os modelos de vasos e moldes. 

PAP de vaso com caixa de leite, decorado com massa acrílica:
Todos os moldes podem ser feitos com 4,6ou 8 partes, dependendo do tamanho que queira fazer.




5 cx de leite.


 
Após lavar, abrir todas as caixas e secar bem.

Caneta ,tesoura ,colher ,fita crepe e massa corrida acrílica.


Molde.


Riscar 4 cx igual ao molde.


Unir as partes com pequenos pedaços de fita crepe.




Unir todas as partes.




Por fim passar massa acrílica com as costas da colher ou faca.

Você pode pintar com sua cor preferida.



Passo a passo vaso de caixa de leite







terça-feira, 14 de junho de 2011

Artesanato com jornal: cesta passo a passo

Criando arte com a Rê!



artesanato com jornal
Material necessário
- Jornal
- Tesoura
- Cola
- Grampeador
- Fita para o acabamento
passo2
Corte a beirada da folha para separá-la em duas
passo3
Dobre a folha ao meio, depois ao meio novamente e por último outra vez (você deve dobrar ao meio 3 vezes) para obter uma tira de aproximadamente 4cm de largura. Você vai precisar de muitas dessas tiras.
passo4
Começe entrelaçando o centro de 4 tiras, como mostrado. Se necessário, você pode colocar um grampo ou colar para ficar no lugar.
passo5
Continue a tecer até o tamanho desejado. A cesta do exemplo tem 10 por 8 tiras.
passo6
Para fazer o lado, simplesmente dobre as tiras 90 graus e continue tecendo. Coloque as tiras bem alinhadas e seja paciente.
passo7
Nos cantos, dobre as tiras laterais e continue a tecer ao longo das bordas. É recomendável que você cole ou grampeie para ficar no lugar.
passo8
De duas em duas tiras tecidas na lateral, faça dobras alternadas, como na figura, para facilitar o trabalho.
passo9
Ao longo da borda superior, acrescente uma tira dobrada ao meio, para dar maior rigidez. As tiras que sobrarem acima, devem simplesmente ser dobradas para dentro da cesta e coladas.
passo10
Para decoração, acrescente uma fita azul clara ao longo da última tira e faça o acabamento colando uma tira azul mais escuro na borda superior.
passo11

Receita para torcer o jornal
Corte as folhas pelo meio e enrole canudos de 7 milímetros de espessura
1. Enrole o jornal, cole as pontas, espere secar e mergulhe-os em água com anilina. Emende quatro canudos pelas extremidades, formando varas grandescanudos de 7 milímetros de espessura
2. Inicie a base entrelaçando canudos perpendiculares para que formem quadradinhos
3. Afaste os canudos e comece a tecer. Inicie circundando o centro com um canudo que passará, ora por cima, ora por baixo dos outros
4. Encaixe e cole outro canudo na extremidade do primeiro. Continue tecendo até concluir a cesta
5. Deixe quinze centímetros na parte superior dos canudos sem tecer. Prenda essas pontas na carreira anterior e aplique a seladora
A sugestão de confecção deste material foi publicada originalmente na revista Manequim Faça e Venda, da Editora Abril


Cachepô feito com jornal

dsc024291dsc02510dsc02512caxepo-arvore
Reaproveite jornais velhos para fazer um lindo cachepô. Assim, você contribui para o meio ambiente, reciclando os jornais velhos e reduzindo o consumo de produtos industrializados.
Para fazer a base, corte dois círculos de papelão usando um vaso como molde. Encape os círculos com jornal.
Distribua vinte e dois canudos em 21 posições (dois canudos ficarão sobrepostos), de forma eqüidistante, e cole entre os dois círculos de papelão. É a partir desta posição que se deve iniciar o trançado dos canudos de jornal.
Depois de terminado, o cesto deve ser pintado com uma demão de tinta latex branca. Deixe secar por 2 horas.
Após a secagem, pinte o cesto com tinta guache marrom e com um pano úmido retire a tinta ainda úmida das partes sobressalentes do trançado, dando um efeito de desgastado.
Impermeabilize o cachepô com verniz acrílico.

Fonte: craftstylish


Puff de pneus usados

Criando arte com a Rê!

Assistindo ao programa da Ana Maria (Mais voce), vi duas artesãs ensinando e fiquei apaixonada.
Além do visual lindo e da graande utilidade que tem, é muito, mas muito fácil fazer.
Não tem costura, nem cola, é feito só na amarração, eu ameiiii
A gente só precisa comer mais um pouquinho de espinafre pra ter força pra amarrar a lycra em volta do pneu...simples assim...
As imagens acima retirei DAQUI, e pelo que vi esses da imagem são feitos em barbante ou fios de tear....idéia bem legal também.








puff de pneu passo a passo1 Puff de Pneu, Passo a Passo

puff de pneu passo a passo3 Puff de Pneu, Passo a Passo

Resumo

Veja como é fácil fazer esse modelo de puff usando apenas dois pneus.

  

Você precisa de


2 pneus de carro
Furadeira
3 parafusos
6 arruelas de metal
3 porcas
Espuma fina de poliuretano de 1,00 x 1,75m
Cola universal
Grampeador
Grampos
Feltro macio, plush ou outro tecido do gênero, laranja, de 1,80 x 1,00 m
Linha de algodão grossa
Fleece (tecido de fibra térmica)
Círculo de madeira prensada de 35 cm de diâmetro e 1 cm de espessura
Papelão com 35,5 cm de diâmetro e 1 mm de espessura

Passos


1

Faça três furos eqüidistantes em uma das faces de cada um dos pneus.
Junte as faces furadas dos pneus e faça coincidir os furos. Passe um parafuso por cada um deles.
Prenda com arruelas e porcas.

2

Envolva o contorno dos dois pneus com a espuma de poliuretano e vire o material que sobrar para o centro.
Fixe com a cola universal e grampeie essa sobra nas bordas internas, superior e inferior, dos pneus.
Repita o procedimento com o tecido de plush.
Una as bordas livres do tecido, de alto a baixo, na parte interna do puff, fazendo um ziguezague com a linha grossa.

3

A) Para fazer o assento da parte superior do puff, coloque o fleece sobre o círculo de madeira prensada, cubra com a espuma e cole na parte inferior. Grampeie para acabar de prender.
Cubra novamente com uma camada fina de espuma e termine com o plush.
B) Cubra a parte inferior com o recorte de papelão preso com a cola universal.

4

Coloque o assento centralizado na parte superior do puff.

Importante

  • Limpe bem os pneus antes de começar a trabalhar para não manchar nem a espuma nem o plush. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Postagens populares